Quando o seu inimigo vier



“Os inimigos de Daniel foram juntos até a casa dele e o encontraram orando ao seu Deus.” (Dn 6, 11).

Daniel foi um grande profeta, homem de Deus que ainda jovem foi destacado pelo Senhor para ter autoridade no palácio real do rei Dario, que havia aprisionado o povo de Deus.
Daniel viveu em uma época e em um local onde ser servo de Deus era por a vida em risco. Isso ainda acontece em muitos lugares neste mundo, mas continuamos nos perguntando por que os filhos do Deus altíssimo, os súditos do Príncipe da paz precisam ser perseguidos? Se são pacificadores, se estão neste mundo para dar testemunho do amor, porque há dificuldades para eles, porque há perseguição e ódio que os cerca? A resposta é muito simples. As pessoas mais perigosas do mundo para o reino das trevas são os cristãos, são aqueles que sabem a força do amor e a portam para profetizar aos quatro cantos que o inimigo de Deus já está derrotado.

Com a graça de Deus há muito lugares nesta terra, muitos países onde não perseguição religiosa, pelo menos não aquela perseguição respaldada em leis que levam à cadeia e à morte os servos de Deus, mas no tempo de Daniel não era assim.

O caso é que, de uma maneira ou de outra, aqueles que conhecem e amam a Deus sabem que se tornaram inimigos do inimigo de Deus, e que este maligno tem seus colaboradores que realizam muitas vezes seus intentos para por, pelo menos dificuldade no caminho dos cristãos.

Mas assim como Daniel, como você espera que o inimigo te encontre? Orando? Vigiando diante da palavra de Deus? Jesus nos ensinou que deveria ser assim, pois Ele mesmo foi encontrado por Seus adversários em estado de oração.

O inimigo levanta muitas maneiras de por em dificuldades os filhos de Deus, é uma luta e perseguição constante. Mesmo depois de expulso ele anda sempre buscando uma maneira de retornar, de encontrar uma brecha para reinstalar seu mal, suas doenças, seus sofrimentos.

Se o adversário encontrar você em oração, ele poderá ainda arquitetar maneiras de derrubá-lo, fez assim com Daniel, mas o profeta venceu no final e isto é sinal da grande vitória do Senhor Jesus, que mesmo sendo levado à morte, a venceu de uma vez por todas na ressurreição.

O poder de Jesus está agora disponível a todo aquele que estiver sob o fogo cruzado do adversário, é preciso que a pessoa esteja na presença de Deus em oração.
Como tem sido sua vida de oração e comunhão com Deus? Quando o inimigo vem com suas tentações ele te encontra orando?

Estar em oração todo o tempo, não é estar recitando palavras de oração, mas estar firmado nas promessas de Deus, estar em comunhão com o Senhor alicerçado na esperança em Sua Palavra.
Se o inimigo vier, e ele teimosamente sempre vem, mas te encontrar firmado na oração, na comunhão, na Palavra, ainda que seus planos sejam muitos, a sua vitória se estabelecerá e outros aprenderão de você, como anda um vitorioso sobre a terra.

Em Cristo
Sandro F. Peres








COMPARTILHE ESTA PAGINA


comment closed




     
 NOTÍCIAS
 
 
 FORMAÇÕES